Blog

Prótese ou implante dentário, qual escolher?

Perder um dente enquanto criança já é um incômodo, com a idade adulta então, o transtorno é ainda maior, tanto pela estética quanto pela funcionalidade perdida devido a ausência desse órgão, que pode ter consequências na mastigação, na fala e na autoestima.

Mas a boa noticia é que com as modernas técnicas da odontologia há opções de tratamento para repor dentes perdidos, recuperando a estética e a função.

Para ter mais clareza sobre essa decisão de qual via optar, é necessário primeiro entender o que é cada peça, como o procedimento é executado e os benefícios de cada um. A prótese dentária e o implante dentário possuem como semelhança a substituição de estruturas dentárias ausentes.

Mas o que é cada um?

 

PRÓTESE

A prótese deve ser utilizada quando você perde um ou mais dentes. Ela pode ser fixa ou móvel e também pode ser total ou parcial. As próteses totais são recomendadas quando há a perda de todos os dentes. Essa peça pode ser feita em acrílico e tem como benefício devolver um sorriso harmônico que se assemelha ao natural. Seu uso promove o restabelecimento da fala e da mastigação afetadas pela perda de dentes.

As próteses parciais são utilizadas em casos que ainda se há presença de dentição natural, mas alguns dentes foram perdidos. Ela é feita com estrutura metálica, que oferece a resistência e a fixação nos dentes presentes, e uma cobertura de resina acrílica que imita a gengiva e os dentes perdidos na região. Quando a gengiva não permite o uso de implante, essa pode ser uma alternativa viável que irá proporcionar segurança no ato da mastigação.

 

IMPLANTE

Os implantes são feitos a partir de um metal chamado titânio que é completamente compatível com o corpo humano e podem ser indicados para quem perdeu todos, alguns ou só um dente. Eles são inseridos cirurgicamente, mas o paciente recebe analgesia para tal procedimento, então, os boatos de que causa dor excessiva não passam de um mito.

O procedimento é seguro e o corpo acaba formando uma união estável ao redor do implante, promovendo a sua fixação no osso, portanto o implante visa substituir as raízes perdidas. Após a fase de cicatrização dos implantes, é então construída a prótese sobre o implante. Depois de feito o procedimento, o sorriso fica bem próximo ao natural e a diferença é quase imperceptível. Também um fato crucial é sua fixação eficiente, isso porque a união entre o osso e o implante faz com que o dispositivo se torne muito similar a um dente natural.

 

Afinal, o que realmente decidir?

Primeiro, é necessário uma avaliação realizada por um dentista. Somente ele poderá avaliar o caso e propor o tratamento mais indicado para o seu caso. Ambas as opções são funcionais, possíveis e muito usadas hoje em dia. Em geral, a prótese tem um custo menor do que os implantes, entretanto, essa última opção poderá te oferecer uma maior qualidade de mastigação e estética.

 

O primeiro passo rumo ao seu novo sorriso é fazer uma consulta.

Nossa equipe está preparada para fazer a sua avaliação, mostrar as possibilidades e escolher junto com você a melhor opção.

Marque sua consulta na ABO Sorocaba

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Dr. CARLOS HENRIQUE SILVEIRA VILLELA

Dr. CARLOS HENRIQUE SILVEIRA VILLELA

CRO-SP 49116

Newsletter

Agende uma
Avaliação