Blog

Manchas nos dentes: tipos e causas mais comuns!

As manchas nos dentes são muito comuns na população brasileira e podem ser causadas por diversos motivos. Para entender melhor o assunto, é preciso conhecer as 3 camadas que compõe os dentes:​

1- Esmalte dentário: a camada mais externa, mais resistente e que tem como função proteger as outras​

2- Dentina: Abaixo da primeira, sendo a camada do meio​

3- Polpa: camada mais interna onde estão localizados os tecidos nervosos e vasos sanguíneos​

Já as manchas, se dividem em dois tipos: internas e externas.​ ​

Manchas internas

As manchas internas aparecem por problemas na dentina e na polpa, são mais graves e exigem tratamento e avaliações mais complexas. Os casos mais comuns são:​

  • Complicações no tratamento de canal​
  • Hemorragia​
  • Necrose da polpa​
  • Traumas e lesões muito fortes, como pancadas, que fazem o sangue escorrer e se espalhar pela estrutura interna do dente​ ​

Manchas externas

É o tipo de mancha mais comum e acomete apenas a camada do esmalte dentário. Suas causas são diversas, mas podem ser tratadas e removidas com mais facilidade.​

Causas das manchas externas:​

  • Bebidas e alimentos

Os principais são alimentos muito pigmentados (como frutas vermelhas), chá, café, vinho tinto, suco de uva, refrigerantes à base de cola, molho de tomate, curry, entre outros. ​

Esses alimentos podem ser consumidos normalmente sem danificar os dentes, basta não consumir quantidades exageradas e escová-los após o consumo para não manchar.​

No caso de alimentos com corante ou acidez elevada, é indicado NÃO ESCOVAR os dentes nos primeiros 30 minutos após o consumo, para evitar a erosão dentária. Esse tempo é o que leva para que o pH da boca neutralize e você possa aplicar pasta de dente.​

  • Cigarro​

Para essa causa, não tem jeito, é necessário parar de fumar.​

  • Fluorose​

O consumo excessivo de flúor nos primeiros anos de vida (geralmente acontece quando a criança ingere pasta de dente com flúor).​

  • Consumo excessivo de antibióticos durante a gestação

Nos casos em que a gestante precisa fazer o uso de antibióticos, é necessário fazer o acompanhamento da saúde bucal do bebê durante o pré-natal.​

  • Tártaro e cáries​

Ambas as condições devem ser tratadas com um dentista o mais rápido possível.​

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Dr. CARLOS HENRIQUE SILVEIRA VILLELA

Dr. CARLOS HENRIQUE SILVEIRA VILLELA

CRO-SP 49116

Agende uma
Avaliação