Blog

Implantes dentários: duram para sempre?

Duração de implantes dentários - ABO Sorocaba

Implantes dentários são uma ótima alternativa para quem busca a reabilitação oral em casos de perda de algum elemento dental.

Isso porque, é um dos procedimentos mais indicados para recuperar a funcionalidade das suas arcadas dentárias e a estética do sorriso de modo simples, rápido e eficaz, devolvendo autoestima e qualidade de vida ao paciente. Além disso, possui alta taxa de sucesso, sendo projetado para ter grande durabilidade.

Por ser um procedimento bastante falado na odontologia, uma dúvida recorrente dos pacientes é em relação a durabilidade dos implantes, afinal, muitos tratamentos precisam ser repetidos de tempos em tempos.

E você, sabe quanto tempo dura os implantes e os cuidados que devem ser tomados ao realizar o tratamento? Não?

Pois fique tranquilo, porque preparamos esse blog com tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

O que é implante dentário?

Implantes dentários são peças de titânio que são inseridos no osso, funcionando como uma raiz artificial, uma vez que substituem as raízes perdidas. Sobre esse componente é parafusada uma peça que se chama pilar protético e, sobre essa, uma prótese é parafusada ou cimentada.

Quando o implante dentário é indicado?

É indicado em casos em que o paciente teve perda de um ou mais elementos dentais, sendo necessária a reabilitação oral.

Para isso, existem diferentes tipos de implantes dentários, além de diversas técnicas e materiais, que devem ser escolhidos pelo profissional de acordo com as características e necessidades do paciente.

Assim, com o implante dentário, é possível reestabelecer a estética do sorriso e a função dos elementos dentários. O procedimento oferece uma estabilidade maior para os dentes artificiais, trazendo segurança e confiança na hora de comer, falar e sorrir.

Qualquer pessoa que tenha tido perda dental pode realizar o tratamento?

Não! O planejamento prévio à instalação dos implantes dentários é de extrema importância.

Por isso, se deve analisar as condições bucais gerais do paciente e não apenas a região onde está faltando algum elemento dental.

Para isso, é observada a saúde de todos os dentes, a estabilidade dos arcos, o espaço onde o implante será instalado (se é insuficiente ou amplo demais) e a estética do conjunto, por meio de exames de imagem como a tomografia. 

Se for detectada doença, espaços inadequados, desequilíbrio entre os arcos e falta de estética, um tratamento prévio para adequação deve ser realizado.

Assim, o tratamento é contraindicado para pessoas com algumas condições, tais como:

– Grávidas;

– Jovens que ainda não atingiram a maturidade óssea (é possível verificar o término do crescimento através do exame de rx de mão e punho);

– Pacientes com algum tipo de problema sistêmico como pressão alta ou diabetes não compensada, pessoas que sofreram infarto há menos de 6 meses, pessoas que fazem uso de bisfosfonatos (medicamento utilizado no tratamento de câncer e osteoporose) e pessoas que foram submetidos a radioterapia na região da face há menos de 6 meses.

Afinal, quanto tempo duram os implantes?

Por serem feitos a partir de um material altamente resistente, os implantes são projetados para durarem ao longo de toda a vida do paciente, permanecendo fixado no osso, assim como seria uma raiz natural.

Porém, é necessário ter alguns cuidados para garantir a longevidade dos implantes. Isso porque sua sustentação é óssea, ou seja, é necessário extremo cuidado com a saúde periodontal para que a fixação do implante ao osso alveolar não seja diminuída com o tempo. É válido ressaltar que o mesmo ocorre com um dente natural.

Além disso, a coroa fixada sobre o implante, confeccionada em resina, por exemplo, pode sofrer alterações conforme os cuidados do paciente, necessitando de substituição.

Dessa forma, o que influencia na duração desse tratamento são as condições da higiene bucal, não sendo possível definir exatamente quanto tempo dura o implante dentário e estabelecer um prazo igual para todos.

Por isso, para garantir a longevidade do seu tratamento, é necessário: 

– Rigorosa higiene oral:

A higienização é feita exatamente igual as outras próteses, ou seja, escovação de todos os dentes e gengiva, passagem do fio dental entre os dentes quando possível ou por debaixo com a ajuda de um passa fio nos casos de próteses fixas, escovação, passagem da escova interdental onde houver espaço para acúmulo de resíduos.

– Manutenção dos implantes:

A manutenção é feita nas consultas ao dentista. Nela, o profissional faz a avaliação da condição de saúde bucal e do estado dos implantes. Ele remove as próteses, faz a limpeza, tira os parafusos e realiza a troca, se necessário.

É importante averiguar se houve acúmulo de placa bacteriana e tártaro nas próteses para não comprometer o tratamento. Além disso, radiografias podem ser feitas com o intuito de avaliar a condição óssea e a fixação do implante.  

– Mudanças de hábitos nocivos:

A longevidade dos implantes dentários inclui também algumas mudanças nos hábitos, como roer unhas ou de abrir objetos com a boca e tabagismo.

Com traumas excessivos, pode haver desgaste e trinca da estrutura de porcelana das próteses, fazendo com que o paciente tenha que fazer a substituição da peça.

Além disso, a nicotina e outras substâncias nocivas do cigarro dificultam a cicatrização óssea e deixam o paciente mais propenso a sofrer com infecções. Assim, em fumantes, a perda de implante dentária pode ser dez vezes maior do que em uma pessoa que não tem o vício.

Pensando no melhor para a sua saúde nós, da ABO Sorocaba, contamos com nossa equipe de especialistas capacitados para cuidar de casos desde os mais simples até os mais complexos. Por isso, se consulte com nossos dentistas e cuide agora mesmo de você.

Implantes dentários na ABO Sorocaba

Associação Brasileira de Odontologia de Sorocaba – prezando pelo conhecimento, saúde e bem-estar dos nossos pacientes.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Dr. CARLOS HENRIQUE SILVEIRA VILLELA

Dr. CARLOS HENRIQUE SILVEIRA VILLELA

CRO-SP 49116

Agende uma
Avaliação