Blog

Dentes sensíveis: o que fazer?

Dentes sensíveis - saiba o que fazer - ABO Sorocaba

Dentes sensíveis: entenda os motivos, problemas e como resolver

Não posso tomar nada gelado que meus dentes já doem. O que fazer?

Se você sente dificuldade em tomar bebidas geladas porque seus dentes começam a doer, saiba que você não está sozinho(a). Cerca de 70 milhões de brasileiros sofrem com essa condição: a sensibilidade nos dentes.

É bem comum encontrarmos pessoas com sensibilidade dental e temos a consciência do quanto é difícil aproveitar alguns momentos. Se você é impossibilitado de apreciar um sorvete com quem ama por causa dela, fique atento(a) para as orientações que faremos.

Afinal, quais os motivos para os dentes ficarem tão sensíveis e como resolver esse problema que incomoda tantas pessoas no dia a dia?

 

Por que os dentes ficam sensíveis?

Antes das recomendações é importante conhecer os motivos que tornam os dentes tão sensíveis e tentar minimizá-los.

A sensibilidade nos dentes é causada pela exposição de uma camada interna do dente – a dentina e/ou seus túbulos dentinários. E isso acontece devido a alguma perda da sua proteção natural, seja da parte interior da gengiva (exposição da raiz do dente), ou desgaste da superfície do dente (esmalte), entre outros.

Essa Hipersensibilidade pode ser causada por:

 

  • DESGASTE FÍSICO

Se você sente uma sensibilidade maior no dente, um dos principais motivos para isso é o desgaste mecânico na proteção dele. Onde podemos citar:

Bruxismo: O famoso “ranger dos dentes”. Independente de qual for, noturno ou diurno, essa pressão e/ou fricção nos dentes, acaba desgastando o esmalte do dente e o deixando mais sensível.

Cremes dentais muito abrasivos: que tem como função desgastar o esmalte do dente a fim de conquistar um resultado estético mais agradável.

Escovação errada: Se você acredita que escovando mais rápido e com força, está limpando mais o seu dente, engano o seu! Esse hábito aos poucos desgastará o esmalte do seu dente e o deixará ainda mais vulnerável, causando mais sensibilidade.

 

  • SAÚDE DENTAL COMPROMETIDA

Sabemos que de modo geral, todas as causas entram no mérito de SAÚDE. Mas, quando ela já está um pouco mais comprometida, pode afetar a sua saúde dental.

Seu dente também pode estar sensível não somente pelo fato do desgaste mecânico do esmalte, mas pode ser que já esteja comprometido com alguma complicação, como:

  • Cáries;
  • Gengivite;
  • Alguma Infecção;
  • Má formação da estrutura dos dentes, mandíbula e arcada dentária.
  • Refluxo gastroesofágico: nesse caso, o processo de sensibilização ocorre devido o contato do suco gástrico com seus dentes. Tendo em vista o alto nível de acidez desse conteúdo gástrico.

Essas circunstâncias podem ter suas causas vindas desde hábitos deficientes de limpeza, a tragédias inesperadas e involuntárias.

O fato é: questões como essas podem ser confundidas como “apenas sensibilidade nos dentes”; e que podem terminar em complicações maiores, se julgada de tal maneira.

 

  • ALIMENTAÇÃO

Existem certos alimentos que, se consumidos de maneira excessiva, podem eliminar a proteção natural dos seus dentes.

Eles podem ser classificados em alguns tipos:

– Alimentos picantes como: pimenta;

– Alimentos ácidos como: Vinagre, Café, Isotônicos, Tomate, Frutas cítricas (limão, abacaxi, laranja e etc.), Queijos envelhecidos;

– Alimentos muito doces como: Refrigerantes, Iogurte, Ketchup, açucares e adoçantes em geral.

Uma alimentação que se resume a essas categorias pode acelerar o desgaste do seu esmalte dental. É preciso ter atenção com os alimentos cítricos, assim como o “suco gástrico”. Alimentos ácidos também contribuem na corrosão do esmalte.

Então, é substancial que a dieta seja equilibrada.


PREVENIR NUNCA É DEMAIS!

Apesar de ser bem comum, ninguém gosta de sentir aquela “dorzinha” ao tomar água gelada, não é mesmo?

Então, o que fazer para prevenir a sensibilidade?

 Tome como ponto de partida todos os fatores que causam essa sensibilidade mencionados acima no texto:

– Evite alimentos muito ácidos;

– Evite comer muito doce;

– Evite escovar os dentes de forma agresiva;

– Atente-se aos movimentos que faz com os dentes (exemplo: se você anda muito estressado ou ansioso, preste atenção para não ficar rangendo os dentes ou pressionando ele com muita força);

– Cuide da sua saúde bucal fazendo a higienização de forma correta;

– Utilize pastas de dentes adequadas: dê preferência as pastas de dentes dessensibilizantes. Observe se possuem componentes como: nitrato de potássio, o cloreto de estrôncio, a arginina, o citrato de potássio, o cloreto de sódio e o hidróxido de cálcio. Eles atuam na reposição do esmalte dentário, inibindo a dor.

 

“E SE MEU DENTE JÁ ESTIVER SENSÍVEL, O QUE FAZER?”

Sentiu dor? Hora de pedir ajuda!

Sempre que estiver sentindo dor, ou algum tipo de desconforto na boca, ou, especificamente, nos dentes, solicite uma consulta com o seu dentista para que ele possa avaliar a sua situação e tome uma medida mais assertiva.

Como dito no início do texto, podem existir várias causas para essa dor estar acontecendo como cáries, gengivite etc. Logo, um diagnóstico preciso é essencial.

Portanto, se você está com sensibilidade nos dentes, além das dicas, faça uma avaliação segura e eficaz com um dentista de confiança. Para isso, nós disponibilizamos a equipe da ABO Sorocaba. Se consulte com os nossos dentistas capacitados para cuidar de você. Estamos preparados para atender desde casos simples aos mais complexos.

Agradecemos pela leitura.

Associação Brasileira de Odontologia de Sorocaba – prezando pelo conhecimento, saúde e bem estar dos nossos pacientes.

Agende sua consulta na ABO Sorocaba

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Dr. CARLOS HENRIQUE SILVEIRA VILLELA

Dr. CARLOS HENRIQUE SILVEIRA VILLELA

CRO-SP 49116

Agende uma
Avaliação