Blog

Clareamento dental enfraquece e deixa os dentes mais sensíveis?

clareamento dental

O clareamento dental é um dos grandes desejos das pessoas quando falamos sobre a estética do sorriso.

Atualmente, ter os dentes alinhados e branquinhos é sinônimo de saúde, bem-estar, jovialidade e higiene.

Entretanto, algumas dúvidas ainda surgem ao falarmos de clareamento dental, sendo que a mais levada até os dentistas está relacionada ao enfraquecimento dos dentes.

Afinal, o clareamento dental enfraquece e deixa os dentes mais sensíveis?

Fique tranquilo, pois aqui você vai encontrar a reposta que está procurando, vamos lá?

O clareamento dental

Dentro da história da civilização é possível encontrar relatos no Egito antigo e na Roma clássica sobre como eram feitos os clareamentos e cuidados dentais.

Obviamente que com o tempo, essas técnicas foram se adequando e se tornando mais seguras e eficazes, além das suas facilidades para pacientes e dentistas.

Isso porque o clareamento dental é um procedimento estético simples, pois consiste em aplicar um gel clareador sobre os dentes através de duas opções químicas: o peróxido de carbamida ou o peróxido de hidrogênio.

No procedimento ocorre uma alteração química no dente, onde o produto aplicado começa a liberar oxigênio e outros subprodutos dentro do dente.

Com isso, as moléculas escuras que cobrem os dentes se quebram, alterando, dessa forma, a cor do dente, retomando a sua cor original.

Para quem não sabe, o dente é formado por três partes principais: o esmalte, a dentina e a polpa.

O esmalte forma a camada exterior e é a mais resistente, além de ser um dos tecidos mais mineralizados do corpo.

O esmalte também atua como barreira protetora para a dentina e para os nervos, que são mais sensíveis. É ele o responsável por evitar cáries e outras doenças dentais.

A dentina está abaixo do esmalte e é quem o sustenta. Ela é um tecido conjuntivo avascular, de tom mais amarelado e com uma elevada quantidade de sais de cálcio.

A polpa é formada por vasos sanguíneos e nervos, ficando na parte mais interna do dente. Ela é considerada a parte mais viva do dente.

É devido a polpa que sentimos mais sensibilidade nos dentes, pois tem como função nutrir a dentina e regular o fluxo sanguíneo.

A polpa também atua como um sinalizador da saúde dental, reagindo a irregularidades, causando a sensação de dor, ou seja, ela informa se algo está errado.

Quais as técnicas de clareamento dental?

Com o tempo e devido a fatores genéticos, consumo de alguns alimentos e medicamentos, traumas ou uso de cigarro costuma haver uma alteração na cor do dente.

Portanto, não existe apenas um único motivo que fará os seus dentes perderem a coloração branca ao longo do tempo.

Entretanto, é possível recuperar o branqueamento dos dentes através de duas técnicas: o clareamento caseiro supervisionado e o clareamento em consultório.

Porém, como em todo tratamento dental, é preciso passar antes por um processo de avaliação, para ver se está tudo certo com os dentes.

Além disso, é preciso fazer uma limpeza completa antes de iniciar o clareamento e observar se não há nenhuma inflamação na gengiva.

Estando tudo certo, o paciente escolhe a maneira que melhor se adequa ao seu tempo e atividades diárias, preferindo fazer o tratamento em casa ou indo com mais frequência ao consultório.

Ao fazer o clareamento em casa, o paciente recebe do dentista uma moldeira exclusiva para o seu uso, além do gel clareador com baixa concentração.

O dentista irá passar as orientações adequadas para o procedimento, sendo necessário que o paciente permaneça um período do dia utilizando a moldeira, repetindo o processo todos os dias.

No processo dentro do consultório, o tratamento é feito com laser e ainda conta com o gel clareador, mas este com maior concentração.

Normalmente, o procedimento dura entre 40 e 50 minutos, sendo realizado ao menos quatro sessões, havendo uma sessão por semana.

Em ambos os casos, as estruturas dos dentes não são afetadas, portanto, não há o enfraquecimento do dente.

Enfim, quem deseja fazer o clareamento dental poderá ficar despreocupado, bastando apenas seguir as orientações do profissional de odontologia.

Cuidados pós-tratamento

Para que o tratamento seja eficaz, os cuidados com a higiene bucal são essenciais. Da mesma forma que você cuida dos dentes diariamente, deverá fazer durante e depois do tratamento finalizado.

Por isso, escovar diariamente os dentes e utilizar fio dental é fundamental. E para aqueles que gostam de tomar vinho ou beber café, recomenda-se escovar os dentes logo após a ingestão dessas bebidas.

Mas caso você esteja insatisfeito com o seu sorriso e deseja fazer um clareamento dental, venha fazer uma consulta conosco.

A ABO Sorocaba possui profissionais excelentes e altamente capacitados para oferecer os melhores cuidados, com tratamentos que cabem no seu bolso.

Volte a sorrir com satisfação. Venha para a ABO Sorocaba.

clareamento dental

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Dr. CARLOS HENRIQUE SILVEIRA VILLELA

Dr. CARLOS HENRIQUE SILVEIRA VILLELA

CRO-SP 49116

Agende uma
Avaliação