Blog

Assimetria facial: o que é e quais os principais tratamentos​

assimetria facial

A insatisfação do sorriso, muitas vezes, não está ligada aos dentes em si, mas em todo o conjunto dentofacial, ou seja, é uma questão de harmonia e equilíbrio de toda a face. Por conta disso, os tratamentos podem ser variados.​

Todavia, é possível encontrar todos os tratamentos em um consultório odontológico, desde que seja um profissional capacitado e que tenha experiência em trabalhar de maneira multidisciplinar.​

​Portanto, se quer saber exatamente o que é a assimetria facial e quais são os principais tratamentos e procedimentos que podem resolver essa questão, promovendo um rosto e um sorriso muito mais harmônico? Continue a leitura!​

O que é a assimetria facial?

​Inicialmente, a assimetria facial é um desequilíbrio que mexe tanto com a musculatura quanto com a estrutura óssea da face. Por conta disso, é possível notar algumas diferenças visíveis entre os dois lados do rosto, o que pode gerar uma certa insatisfação.​

​Entretanto, em muitos casos, não é apenas a estética que leva uma pessoa a procurar ajuda profissional. A verdade é que essas diferenças em cada lado podem inclusive afetar outras questões, como a mastigação ou até mesmo a respiração, funcionando de forma diferente para cada lado da face.​

​Por conta disso, resolver a assimetria facial torna-se tão importante. Mais do que ser apenas pela beleza – que, por questões de confiança e bem-estar, são extremamente relevantes -, é também pela saúde de todo o nosso corpo.​

​Assim, o trabalho do dentista deve ser minucioso e, na maioria das vezes, envolve uma equipe multidisciplinar. Além do histórico de saúde, requer também diferentes exames de imagens odontológicos, para que seja possível identificar o grau da assimetria.​

Quais as principais causas?

​Entretanto, você pode estar se perguntando agora quais são as principais causas da assimetria facial. Como em diferentes situações, na maioria dos casos, é desenvolvido por questões de genética, ou seja, a assimetria é herdada de um dos pais.​

Contudo, também podemos contar com alguns hábitos que podem agravar a situação ou até mesmo dar início ao desequilíbrio entre os dois lados da face. Veja os principais deles:​

  • Mastigação unilateral: estimula apenas um lado da face, podendo afetar até mesmo os olhos, deixando um mais baixo que o outro; ​
  •  Problemas respiratórios: como sinusite, bronquite e desvio do septo;​
  •  Problemas como bruxismo, musculares ou esqueléticos;​
  •  Traumas e lesões.​

Quais os principais tratamentos?

​Como vimos, a assimetria facial pode ser causada por diferentes fatores. O tratamento, portanto, depende não apenas disso, mas também da complexidade de cada caso. Sendo assim, sem uma avaliação, não é possível prever o procedimento ideal para você. ​

​Apenas um profissional capacitado pode indicar o melhor plano de tratamento, de maneira personalizada, após o diagnóstico. Ainda assim, podemos informar quais são os principais tratamentos indicados para os casos de assimetria facial. Confira a seguir.​

  1.  Aparelho ortodôntico

Vamos começar pelo tratamento mais comum, que com certeza você já ouviu falar. O procedimento ortodôntico vai muito além de apenas “desentortar” os dentes.​

​Como vimos, a assimetria facial causa o desequilíbrio das partes esqueléticas do rosto. Uma das funções do aparelho, portanto, é alinhar e ajustar o posicionamento não apenas dos dentes, mas também de toda a estrutura óssea da boca.​

  1.  Cirurgia ortognática

Em alguns casos mais graves, normalmente devido a problemas de desenvolvimento facial, a assimetria facial pode ser resolvida com intervenção cirúrgica. ​

​A indicação, portanto, é da realização da cirurgia ortognática, um procedimento que visa reposicionar os ossos da mandíbula ou da maxila. Após o procedimento, é possível sentir e ver uma melhora significativa nas desarmonias faciais, equilibrando as funções orais. ​

  1.  Toxina botulínica

Agora vamos para a parte de casos menos graves, em que não é necessária a intervenção cirúrgica para ter bons resultados em relação à harmonia facial. ​

​Conhecido também como Botox, uma das grandes inovações da Odontologia, é uma substância age na contração nervosa e deixa a musculatura mais estável, tornando o contorno facial simétrico. ​

​Entretanto, este tratamento não é definitivo e, após alguns meses, é necessário realizar uma nova aplicação para obter os resultados desejados. ​

  1.  Preenchedores faciais

O preenchimento facial é realizado com ácido hialurônico, uma substância que é produzida pelo nosso próprio corpo. Por conta disso, o nosso organismo não o rejeita, tendo excelentes resultados.​

Por isso, ele preenche os espaços da pele, além de mantê-la hidratada e incentivar a produção de colágeno. Com isso, devolve a firmeza à pele, ressaltando o contorno e não deixando que o rosto perca o seu volume.​

Como saber se tenho assimetria facial?

​Apesar da assimetria ser visível, principalmente nos casos mais severos, apenas um profissional pode dar o diagnóstico, após análise do histórico de saúde e exames radiográficos.​

Entretanto, devemos ressaltar a importância em procurar um profissional qualificado caso você perceba alguma forma de desarmonia na face, uma vez que o tratamento pode melhorar significativamente o bem-estar e qualidade de vida.​

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Dr. CARLOS HENRIQUE SILVEIRA VILLELA

Dr. CARLOS HENRIQUE SILVEIRA VILLELA

CRO-SP 49116

Agende uma
Avaliação